Diferenças entre o rádio amador e o rádio CB

Para ser rádio amador é necessário adquirir uma licença junto da ANACOM e existem várias categorias que vão permitindo falar em cada vez mais bandas. Além desse custo é necessário realizar testes de admissão sobre os conhecimentos envolventes como electronica e física e rádio claro, mas nada e muito complexo.

Aqueles que não são radioamadores encartados, não poderão operar rádios em faixas além das chamadas bandas livres. As bandas livres são aquelas “fatias” do espectro rádio que se podem operar com equipamentos legais, sem necessidade de qualquer licenciamento. São faixas adequadas para pessoas comuns, cidadãos até menores de idade, que podem assim brincar com aparelhos e testar comunicações rádio. Essas bandas, podem ser também usadas para atividades na natureza ou até para comunicações particulares de internet of things. São elas a banda do Cidadão, o PMR446, as frequências Lora, entre outras.

Para compreender melhor as diferenças entre rádio amador e rádio CB, é importante conhecer algumas características distintas dessas duas modalidades de comunicação por rádio.

Rádio amador:

  • Requer uma licença emitida pela ANACOM, que exige o conhecimento de teoria e prática da eletrônica e radiocomunicações.
  • Permite ao operador transmitir em diversas faixas de frequência, cada vez mais amplas conforme se adquire níveis mais avançados de licença.
  • Permite a construção de equipamentos de rádio por conta própria ou modificação dos existentes, desde que cumpram as normas técnicas e regulamentações da ANACOM.
  • Permite o uso de equipamentos com maior potência de transmissão e maior alcance.
  • O operador de rádio amador tem a liberdade de escolher com quem e sobre o que quer falar.

Rádio CB:

  • Não exige licença individual, apenas a homologação do equipamento pela ANACOM.
  • Limitado a uma única faixa de frequência, conhecida como banda do cidadão.
  • Os equipamentos são comercializados prontos para uso e sem possibilidade de modificações que alterem a potência de transmissão ou outras características técnicas.
  • A potência máxima de transmissão é limitada a 4W em AM/FM e 12W em SSB.
  • A comunicação é restrita a canais públicos e a qualquer pessoa que esteja a ouvir essa mesma frequência.

Em resumo, o rádio amador é uma modalidade de comunicação que permite ao operador explorar diversas faixas de frequência, construir ou modificar seus próprios equipamentos, e ter uma maior liberdade na escolha de assuntos e interlocutores. Já o rádio CB é uma opção mais simples e acessível para comunicação em curta distância, sem a necessidade de conhecimentos técnicos avançados ou licenças individuais.

 

Radio CB Rádio Amador
Licença não sim
Alcance limitado mundo inteiro
Power 4 W 1,500 W*
Experimentação não sim
Frequências 26.965 – 27.405 MHz “DC to Daylight” **
Modos AM, SSB, FM AM, FM, SSB, CW, Digital (DMR, D-STAR, Fusion, etc.), Image (ATV, SSTV), e muito mais
Antenas variedade limitada variedade quase ilimitada

* na categoria mais alta.
* “DC to Daylight” refere-se a formas de onda que abrangem todos os componentes eletrônicos, desde corrente contínua até luz visível.

 

27

Experiência em CB e Arduino. Participativo e dedicado.

Deixe uma resposta