Praia dos Macanudos

Um dia, sem anúncio prévio, chegámos à praia prontos a transmitir. Convidámos alguns amigos, uns do PMR, outros do CB e outros radioamadores. Nem todos vieram, mas apareceram alguns com quem não contávamos. Quis o destino que aqueles pioneiros lá estivessem. Todos tiveram uma história a contar, a vontade de participar e prometeram voltar. Assim ficou a ideia de criar uma praia dedicada aos Macanudos e rádio-operadores. E, porque o ambiente plano é propício ao PMR, decidimos formalizar esse local e actividade.

Este projeto, tal como tudo o que o macanudos.org faz, é para bem de todos e por isso cabe a cada um fazer a sua parte. A praia é pública, gratuita, as frequências são de todos, nós apenas tivemos a ideia. Continuaremos a lá ir mas não esperem por nós. Organizem-se, vão sozinhos ou em grupo, e levem o rádio. Aquela praia é ótima e com macanudos ainda vai ficar melhor. Um ponto de encontro e, quem sabe, um local sagrado onde cada macanudo pode dar largas à sua imaginação.

 

Leia tudo o que se passou, com o pomenor possível já que não transcrevemos as conversas tidas, no artigo sobre a inauguração da Praia dos Macanudos!

 

Ir à praia dos Macanudos

É uma oportunidade para pessoas se conhecerem também. Adultos, adolescentes e crianças, participam se quiserem, tiram fotos em conjunto e pegam nos rádios, muitas vezes pela primeira vez na vida. Brincam, dizem disparates e riem, nem que seja para a foto ou para um pequeno vídeo. Fazem-se novas amizades que podem não ter nada a ver com rádios. É um dia bem passado e fica a vontade de lá voltar. Repete-se, convidam-se outras pessoas, com ou sem rádio, e o mundo ganha outra vida nestes tempos de pandemia.

 

Aulas técnicas e treino do Plano 333 na Praia dos Macanudos.

De forma informal e sem agenda pré-estabelecida, os temas vão surgindo conforme a vontade de cada um. Um simples equipamento rádio que um Macanudo traz na mão, pode dar o tema de conversa. Ou aqueles que lá vão ver como os Macanudos estão a transmitir da praia, em banda lateral alimentados por uma bateria e um painel solar.

 

Onde estará a antena e como será? E tem estacionárias? Como fizeram o plano de terra?

 

É uma experiência boa demais para se perder, só mesmo indo à Praia dos Macanudos. Tem perguntas que gostava de ver esclarecidas? É provável que aqui encontre as respostas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Também é treinado e executado o plano de emergência 333, além de explicações de dúvidas desse plano de comunicações. Consulte o guia.