Vénus mantém-se operacional em falha da Vodafone

Desde a noite da passada segunda-feira que os utilizadores da rede Vodafone, entre os quais serviços de emergência e socorro e outros serviços públicos como tribunais, estão a ter problemas. Há operadores do INEM a recorrerem aos seus números de telefone pessoais para ajudarem quem contacta o 112.

As comunicações em casos de emergência estão a ser asseguradas pela rede Siresp na prestação de socorro por parte de corporações de bombeiros, como a de Bragança, entre outras.

Conforme foi exposto no artigo resultado da conferência no Telegram sobre Proteção Civil e comunicações de emergência, e de acordo com o novo plano de Proteção Civil que também comentámos, compete aos cidadãos organizarem-se para situações de falha geral de comunicações, já que os pedido de socorro são sempre tratados nos termos legalmente definidos, ou seja, através da linha 112.

Daí a importância do plano 333, agora também promovido por outras organizações e indivíduos, além do macanudos_org, na perspetiva de um treino para situações de falhas de comunicação, como a que se verificou hoje com a Vodafone.

Tal é a falha da Vodafone que certos números de telemóvel e fixo estão literalmente indisponíveis há mais de 24 horas; e é por isso que se verificou durante o dia de hoje uma maior afluência à Banda do Cidadão, em especial no canal 3. Operadores de CB e outras frequências livres usaram, especialmente no centro e norte do país, esse meio de comunicação para transmitirem mensagens entre si, na falha dos seus telemóveis. E um dos canais escolhidos foi o canal 3 que funciona em 26,985 MHz.

Durante todo o dia, esteve no ar o boletim informativo e a emissão do plano 333, que, na sua emissão em Lisboa, informou os cidadãos, logo pela manhã, da referida falha de comunicações. Sempre, 24h, sete dias por semana, a cada meia hora é emitido o boletim informativo com dados atualizados. Por outro lado a cada 3 horas, no canal 3, durante 3 minutos, é emitida uma chamada de treino do plano 333.

Tais emissões não dependem da internet e podem ser alteradas localmente a qualquer momento. Inclusive é possível comunicar diretamente com essa estação emissora, a Vénus e mudar parâmetros.

Portanto, é falso e difamatório o que uma certa associação veio exprimir sobre acontecimentos no canal 11. A estação Vénus nunca emitira noutro canal além do seu já seu conhecido canal 3.

Face a este acontecimento na Vodafone, e às conclusões que acima se refere, não só o plano 333 e o boletim informativos mostraram a sua resiliência, como veio ainda mais ao de cima a necessidade de fazer chegar o plano 333, e o seu treino regular a todos os cidadão que possam ter acesso a um rádio de Banda do Cidadão fixo, móvel ou walkie-talkie.

Descarregue já o seu guia do plano 333 aqui.

Vantagens do plano 3-3-3
Fácil de recordar – a regra dos três.
Poupa energia, para walkie-talkies e rádios alimentados a bateria.
Reúne todos na mesma frequência e à mesma hora aumentando o sucesso da comunicação.
Estabelece um horário com oito comunicações por dia.
Evita horários e planos complexos de comunicação que não são práticos em caso de emergência.
Permite comunicações efetivas e rápidas.
Três horas entre comunicações permite descansar em caso de emergência.
Uma pessoa pode andar 10 Km em 3 horas, o que corresponde ao raio de alcance das
comunicações.
O plano 3-3-3 é compatível com o plano alternativo 3-2-1.

Fonte: Público

Saturno

Experiência em CB e Arduino. Participativo e dedicado.

Deixe uma resposta