Teste coloca o mundo em perigo

A Rússia efectuou um teste anti satélite que colocou em perigo todo o mundo, destruindo um dos seus próprios satélites que se encontrava desativado, a partir da Terra, usando um míssil e deixando um rasto de milhares de detritos em órbita de colisão com outros satélites.

Este teste obrigou os astronautas da ISS a se protegerem nos veículos de transporte que estavam acoplados à ISS, uma vez que a estação ficou em perigo imediato, dada a proximidade a que se encontrava do satélite destruído, e estarem a ser atingidos por fragmentos a cada 90 minutos.

Mais grave e irresponsável, é o facto deste “lixo” ter ficado agora a ameaçar colidir com outros satélites, nomeadamente, satélites de comunicações.

Se acontecer uma colisão destes detritos com um satélite de comunicações estaremos perante uma situação gravíssima de falha das comunicações na Terra, onde nada funcionará: telefones, aviação,  GPS, cartões bancários, TV e Internet, etc. Tudo e todo o mundo moderno será afectado!

Será o caos uma vez que os outros satélites ficarão sobrecarregados levando a que deixem de funcionar. Já não bastava todo o lixo que já se encontrava em órbita, e os meteoritos que, volta não volta, atingem satélites e até mesmo a Terra, temos agora a ameaça destes detritos mas, pior ainda, a ameaça duma guerra sem fronteiras.

Este é um cenário que poucos têm consciência que hoje em dia tudo está dependente de satélites. Tudo ou quase tudo. Se há pouco tempo o mundo ocidental entrou em pânico porque as redes sociais ou aplicações de mensagens pararam, agora imagine não haver nenhum tipo de comunicações. Tudo, excepto as comunicações rádio que não dependem de nada a não ser de nós e de as sabermos usar.

É perante um cenário destes, e para não citar como poderão ser as guerras no futuro, que insistimos nas comunicações rádio: Amadoras, CB ou PMR. É, também, para cenários deste tipo, que insistimos no treino do plano 3-3-3 via rádio. A ameaça pode não ser o caos social ou um acidente natural, terramotos, inundações, incêndios, maremotos, etc. A emergência pode surgir a qualquer momento vinda de cima, da falha dos satélites de comunicações.

Nunca nos cansamos de repetir, preparem-se! Há mais de dois anos que treinamos o Plano 3-3-3 convosco, porque uma emergência pode surgir a qualquer instante.

Os rádios que não estão dependentes de satélites, directa ou indirectamente, serão o único meio ao nosso alcance para comunicar com a nossa família e amigos.

Esperamos nunca ter de o testar na prática, mas preferimos estar preparados se tal acontecer.

Treine, acompanhe o 3-3-3 todos os dias a cada 3 horas, em canal 3 do CB na sua área geogŕafica, com a sua família e amigos. Forneça a todos os membros do seu agregado um meio de comunicar consigo. Compete a todos estarmos cientes que isto não acontece só aos outros.

Urge estar preparado, porque aquilo que, supostamente, nos deveria proteger é hoje uma ameaça demasiado real para ser ignorada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *