Torre de Telecomunicações de Monsanto

Foi no ano de 1953 que pela Emissora Nacional de Radiodifusão (ENR) foram inciados os estudos preliminares de ordem técnica económica e financeira com o fim de se criar em Portugal uma rede de televisão.

Para se pronunciar sobre estes estudos e para definir a forma como se realizariam as futuras emissões, o governo nomeou uma “Comissão de Estudos de Televisão  constituida por representantes da ENR, das estações particulares de radiodifusão e dos CTT.

Em face do relatório desta Comissão foram fixadas por decreto, as bases que regulam a concessão de exploração em serviço público da televisáo em Portugal, em regime de exclusividade, pelo prazo de 20 anos, prorrogável por períodos de 10 anos, podendo o resgate ser feito após os primeiros 10 anos da concessão, que abrange todo o território português. Por outro lado, em Novemebro de 1955, foi fixado por outro decreto, que as norma de funcinamento do sistema seruam as de 625 linhas (CCIR).

Nesse mesmo mês e ano foi criada por escritura pública a Sociedade de Radiotelevisão Portuguesa, S.A.R.L. (RTP) com sede em Lisboa.

A torre de 177 metros foi primeiro da RTP, depois da PT, finalmente da Altice, as instalações foram inauguradas em 1957

 

Lisboa, Construção do novo Emissor da Radiotelevisão Portuguesa em Monsanto

Construção do edifício; trabalhadores descarregam material.

  • Nome do Programa: NOTICIÁRIO NACIONAL DE 1957
  • Nome da série: NOTICIÁRIO NACIONAL DE 1957
  • Locais: Lisboa
  • Temas: Sociedade
  • Canal: RTP 1

 

Montagem do Centro Emissor de Monsanto da RTP e preparação de emissão em estúdio

Torre em contra-picado; operário descarrega material de camioneta; exterior das instalações; técnico ao telefone; torre e pormenores; operários a soldar na torre, a limar, a martelar ferro, a soldar, a apertar parafuso e a montar cilindro; cabos; técnicos a trabalhar no interior das instalações; equipamentos. Vista da A5 com circulação automóvel e da torre; pormenor da torre com a inscrição “RTP”; torre e componente suspenso em cabo; material para montagem no chão; operários a enrolar cabo, a descarregar cilindro de madeira de camioneta e na torre; montagem de componente suspenso no topo da torre. Operários a soldar, a montar equipamento, a enrolar cabo e a segurar corda; torre; componente suspenso; material no chão; componente suspenso, operários a trabalhar e vista de Lisboa, da Margem Sul, da Ponte Salazar do Cristo Rei e do Monsanto a partir da torre. Componente suspenso junto à torre; operários a trabalhar na torre; antenas; vista da área envolvente, de Lisboa, da Margem Sul e do rio Tejo a partir da torre; montagem de componente no topo da torre. 01h47m38: Preparação de emissão em estúdio: holofotes, apresentadora, aparelhos de televisão, operador de câmara, apresentador Raul Durão, régie, mesa de mistura; José Galvão a operar gravador quadruplex.

  • Nome do Programa: NOTICIÁRIO NACIONAL DE FEVEREIRO
  • Nome da série: NOTICIÁRIO NACIONAL DE 1968
  • Locais: Lisboa
  • Personalidades: José Galvão
  • Temas: Sociedade
  • Canal: RTP 1
  • Tipo de conteúdo: Notícia
  • Cor: Preto e Branco
  • Som: Mudo
  • Relação do aspeto: 4:3

O Centro Emissor de Monsanto localiza-se na Estrada da Bela Vista dentro do Parque Florestal de Monsanto (Lisboa) a uma cota de 187 metros e é o Centro mais importante da Rede de Teledifusão da PT Comunicações.

Neste Centro, são recebidos os sinais de TV dos estúdios dos operadores de televisão (RTP, SIC e TVI) e é feita a sua distribuição para os emissores de TV desta estação bem como para os restantes centros emissores espalhados pelo País (rede de distribuição) para a sua difusão hertziana. É também executada a interligação entre estúdios dos operadores de TV (rede de interligação), o encaminhamento de sinais de TV provenientes de diversos locais do País para os estúdios (rede de inserção), o envio de sinais de TV para e da estação terrena de satélites de Sintra (Alfouvar).

 

Fontes:

Arquivo RTP

Wikipédia

rtp1

Lisboa: torre da RTP (rádio) no Monsanto colapsa! (2017)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *