Depois de Beirute, Trafaria poderia explodir num fenómeno chamado combustão de pó

A farinha e muitos outros carboidratos tornam-se explosivos quando flutuam no ar como pó. Os grãos de farinha são tão pequenos que queimam instantaneamente. Quando um grão queima, acende outros grãos próximos a ele, e a frente da chama pode brilhar através de uma nuvem de poeira com força explosiva.

Um fenómeno chamado de combustão de pó poderia dar lugar a uma explosão num silo de cereais como é o caso dos silos da Trafaria. Tal cenário só seria possível se reunidas certas condições prévias como um desastre natural no vale do Tejo que destruisse os grandes silos de de cereais, e que o vento forte mantivesse as particulas por grande área, que teria de ter uma fonte de combustão para criar uma enorme explosão. Mesmo assim nunca seria tão grande como a verificada em Beirute.

A farinha e muitos outros carboidratos tornam-se explosivos quando flutuam no ar como pó. Os grãos de farinha são tão pequenos que queimam instantaneamente. Quando um grão queima, acende outros grãos próximos a ele, e a frente da chama pode brilhar através de uma nuvem de poeira com força explosiva.

Uma explosão de poeira é a combustão rápida de partículas finas suspensas no ar dentro de um

Consequências de 2008 explosión en Azúcar Imperial en Portuario Wentworth, Georgia, EE.UU.

local fechado. As explosões de poeira podem ocorrer onde qualquer material combustível em pó disperso está presente em concentrações suficientemente altas na atmosfera ou outro meio gasoso oxidante, como oxigênio puro. Nos casos em que o combustível desempenha o papel de um material combustível, a explosão é conhecida como explosão combustível-ar.

Explosões de poeira são um perigo frequente em minas de carvão, elevadores de grãos e outros ambientes industriais. Eles também são comumente usados por artistas de efeitos especiais, cineastas e pirotécnicos, devido à sua aparência espetacular e capacidade de serem contidos com segurança sob certas condições cuidadosamente controladas.

As armas termobáricas utilizam esse princípio saturando rapidamente uma área com um material facilmente combustível e depois incendiando-o para produzir força explosiva. Essas armas são as armas não nucleares mais poderosas do mundo.

 

A combustão de pṍ é um fenómeno já conhecido à mais de um século.

1 morto, seis feridos EUA, Julho 2020

Wikipédia (en) (es)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *